2 Agosto 2019

Santa Maria tem o primeiro religador em universidade do Brasil

A Tavrida Electric forneceu os religadores instalados na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) que fazem parte de projeto de pesquisa e desenvolvimento (programa P&D/ANEEL) intitulado "Solução Inovadora para Gerenciamento Ativo de Sistemas de Distribuição", cuja as proponentes são as empresas RGE SUL e CPFL Energia.

Como destaque desenvolveu-se técnicas originais para operação inteligente de sistemas de distribuição, tendo como um dos diferenciais sua análise conjunta, com uma visão holística das ações e seus respectivos impactos, incluindo: self healing, estimação de estados, proteção, reconfiguração de redes, controle volt-var, gestão do MUST, balanço energético, além de desenvolvimento de rede comunicação sem fio LoRaWAN.

Para testes e validações da plataforma computacional com aplicações em tempo real, desenvolveu-se uma rede experimental na UFSM incluindo religadores telecomandados, bancos de capacitores automáticos, medidores inteligentes, minigeração solar fotovoltaica, cargas de iluminação com telegestão, central de monitoramento e controle, entre outros.

A universidade terá um laboratório Vivo e, em específico, os religadores são empregados principalmente nos módulo de self healing, reconfigurações em regime normal, coordenação e seletividade das proteções.

Além dos religadores, Tavrida electric também ministrou um treinamento realizado em maio para estudantes, professores, e profissionais da RGE Sul e cooperativas da região.

Os religadores Tavrida serão utilizados para proteções e conceitos de inteligência de rede inéditos no Brasil, e os estudantes da USFM terão a oportunidade de operar nossos religadores.

A Tavrida electric forneceu um treinamento foi realizado em maio para estudantes, professores, e profissionais da RGE Sul e cooperativas da região.